6 erros que podem acabar com a sua carreira de coach

Tempo de leitura: 5 minutos

O sucesso na carreira como coach depende muito da congruência e da credibilidade que você conquista ao longo do tempo. Comentamos aqui no blog sobre a importância de divulgar os seus serviços para atrair mais coachees. Mas, se após a divulgação você cometar alguns deslizes, poderá colocar o seu esforço de comunicação em risco e ainda perder o seu prestígio como coach.

Abaixo listei as 6 razões porque o coach acaba sendo visto com maus olhos e anulando o seu processo de divulgação. Evitar estes erros é fundamental para construir uma carreira duradoura e bem-sucedida como Coach.

1) Não cumprir o que prometeu

coaching-lifestyle-cumprir-6-erros-que-podem-acabar-carreira-coach

Um dos erros mais comuns dos coaches que estão começando é ficarem ansiosos para ter clientes e não se prepararem bem para o processo. Conseguir o coachee é só o primeiro passo nesta jornada. Entregar um serviço de qualidade é o que vai garantir que este coachee vai recomendar você e, com isso, aumentar o seu número de clientes. Por isso, garanta que você está cumprindo com que prometeu ao acordar os serviços com o coachee.

Por exemplo, se você agendar 10 sessões semanais, evite desmarcar ou desaparecer alguns dias. Isso demonstra falta de comprometimento. Além disso, a falta de ritmo prejudica o processo tanto nas sessões quanto na supervisão de tarefas. O coachee acaba se desmotivando e pode abandonar o processo. Com isso, você perde um cliente que poderia te recomendar para outro.

Outro ponto a ter em mente são as expectativas do coachee. Se você observar que elas são irreais e que o coachee tem objetivos fora de um gap alcançável, é melhor ser sincero desde o começo do atendimento para não gerar frustrações. Seja claro no que você poderá apoiar ou não o seu coachee.

2) Ferir a confidencialidade das sessões

coaching-lifestyle-sigilo-6-erros-que-podem-acabar-carreira-coach

Nem todos os coaches têm claro como isso é prejudicial para a sua carreira. Se o coachee perder a confiança no processo, com certeza será uma propaganda negativa para você. O que acontece na sessão, fica na sessão.

Isso também vale para coaching executivo. Mesmo que o dono da empresa ou o RH peçam informações do que é falado nas sessões, respeite o sigilo do processo. Nesse caso, é possível enviar um relatório da metodologia das sessões e as competências a serem desenvolvidas. As queixas e elogios do processo são particulares. A regra aqui é a discrição.

Por esse mesmo motivo, não anuncie nas redes sociais que você está atendendo determinados artistas ou empresários sem a sua autorização. Isso se tornará uma publicidade negativa contra você.

3) Quebra de acordos

coaching-lifestyle-acordo-6-erros-que-podem-acabar-carreira-coach

O processo de coaching é baseado em uma relação profissional de coach-coachee, com acordos pré-estabelecidos, valores, princípios e objetivos claros para ambos. Por isso, é fundamental garantir que isso não mude ao longo do processo.

O envolvimento emocional entre coach e coachee é um dos exemplos de como isso pode acontecer. O papel de instrutor, palestrante, coach, terapeuta pode ser confundido como o salvador ou a pessoa perfeita e gerando falsas expectativas. Se o coach observar que o processo está caminhando para esse lado, é preferível que ele seja interrompido imediatamente e que encaminhe o coachee para outro profissional.

Outro exemplo de quebra de acordos é cobrar um valor diferente do que foi combinado. Certa vez um coach conhecido ficou muito incomodado ao ir a uma consulta e no final o terapeuta cobrar o dobro, pois a sessão durou 2 horas. O problema é que isso não estava acordado antes e gerou um mal-estar. Deixar claro os valores e o tempo de sua sessão presencial, por skype ou na empresa é fundamental na contratação. Se você considerar pertinente um acréscimo no valor, caso exceda o tempo ou faça sessão extra, combine antes de iniciar o processo. Assim, você evita constrangimentos.

4) Falta de cuidado com a imagem

coaching-lifestyle-difamacao-6-erros-que-podem-acabar-carreira-coach

Nesse caso, não estamos falando de estética, mas de atitudes que falam contra a imagem de um coach como difamar outros profissionais da área ou empresas concorrentes. Quando um profissional fala mal de outros coaches, clientes ou empresas, sempre ficará a dúvida para o cliente se ele também não será o próximo a ser difamado.

5) Confundir coaching com terapia

coaching-lifestyle-terapia-6-erros-que-podem-acabar-carreira-coach

O coach deve saber desde o início a diferença principal entre coaching e terapia. Enquanto a terapia tem foco no passado, o coaching prioriza o futuro. O coach eventualmente vai perguntar sobre o passado, origem, memórias de triunfo, etc. Mas, se observar que tocou em algum ponto que não tem condições de atender, sugira ao coachee que visite um terapeuta ou psicólogo. É preferível admitir que não está preparado para apoiar em determinadas situações do que entrar em um espaço em que o coachee poderá sair pior que como chegou na sessão.

6) Não cuidar do seu posicionamento no mercado

coaching-lifestyle-foco-6-erros-que-podem-acabar-carreira-coach

O último erro mais comum é não ter claro o seu posicionamento como coach no mercado, ou seja, qual público quer atender, qual linguagem e a imagem vai transmitir nas redes sociais e site. Definir um foco é fundamental para você desenvolver sua identidade e especialidade no mercado.

Aproveite essas dicas e faça sua carreira de coach decolar!

6 erros que podem acabar com a sua carreira de coach
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *